Supercarro agora conta com 573 cv no motor e recebe uma série de mudanças, tanto por dentro quanto por fora

Uma das novidades do Salão de Nova York (EUA), que será aberto ao público entre os dias 25 de março a 3 de abril é a versão renovada do supercarro Nissan  GT-R , apelidado de Godzilla pelo desempenho brutal e por caráter imponente. As novidades começam pela carroceria renovada, agora com nova grade frontal em formato de V, com entradas de ar mais largas (melhorando a refrigeração tanto do motor quanto dos freios) e pela inclusão de mais cromados. O capô também é novo e reforçado.

Por dentro, o painel passa a ser revestido de couro do tipo Nappa e os bancos foram redesenhados para aumentar o nível de conforto. A quantidade de botões foi reduzida de 27 para apenas 11 e incluíram uma nova central multimídia com tela sensível ao toque de 8 polegadas no lugar de 7 polegadas disponível anteriormente. Além disso, há hastes para trocas de marchas atrás do volante e os novos vidros que ajudam com o isolamento acústico. 

Na parte mecânica aumentaram a potência máxima para 573 cv, o que representa um acréscimo de 20,3 cv na comparação com o GT-R anterior. Aproveitaram também para alterar a curva de torque, que ficou mais plana, favorecendo ainda mais as acelerações. E o sistema de escapamento de titânio ganhou novas tecnologias que permitem diminuir ou aumentar o ronco do motor.

A linha 2017 do Nissan GT-R começa a ser vendida nos Estados Unidos em meados deste ano. Conforme confirmou o presidente da Nissan para a América Latina, José Luis Valls, no fim de outubro último, o supercarro será vendido no Brasil em 2016. Mas sem dizer o mês exato e a expectativa de preço.  Abaixo, dê uma olhada no vídeo oficial de lançamento do superesportivo.