Convivendo com antepassados, Hyundai New Tucson chega às concessionárias. Confira as versões, preços e nossas impressões ao dirigir

O Hyundai New Tucson chega às lojas com preços que vão de R$ 138.990 a R$ 159.600, apenas com motor 1.6 turbo de 177 cv.
Nicolas Tavares/iG Carros
O Hyundai New Tucson chega às lojas com preços que vão de R$ 138.990 a R$ 159.600, apenas com motor 1.6 turbo de 177 cv.

Enquanto a Hyundai Brasil ataca no segmento dos SUVs compactos com o novo Creta , a Caoa, representante da marca no País, tenta mirar nos modelos mais acima com a nova geração do Tucson . Com preços que vão de R$ 138.990 a R$ 159.600, o utilitário irá conviver com suas duas gerações anteriores no Brasil, motivo pelo qual batizaram o modelo como Hyundai New Tucson , para diferenciar da primeira versão.

LEIA MAIS: Hyundai Creta surpreende pelo conforto e desempenho do motor 1.6

Pois é, você não leu errado. O Hyundai New Tucson é a terceira geração do SUV, será vendida ao mesmo tempo que os modelos anteriores e todos são montados na fábrica em Anápolis (GO). Segundo a Caoa, o antigo Tucson continuará nas lojas até que o público desista de vez dele – o que deve acontecer, visto que emplacou apenas 84 unidades em novembro. O segundo Tucson, conhecido por aqui e em alguns outros países como ix35 , segue na faixa de preço entre R$ 99.990 a R$ 129.990.

Com isso, o New Tucson será posicionado em um segmento mais acima de preço, enfrentando Honda CR-V (R$ 148 mil), Mitsubishi Outlander (R$ 133.990), Toyota RAV4 (R$ 132.950) e, na visão da Hyundai , Audi Q3 (R$ 142.990). Para a marca, o SUV tem atributos o suficiente para bater de frente com as fabricantes premium, em design, motorização e lista de equipamentos. A marca diz que o Jeep Compass não é exatamente seu concorrente, brigando mais com o ix35 , embora tenha um tamanho similar e preços bem mais baixos (a partir de R$ 99.990).

LEIA MAIS: Hyundai Creta STC antecipa futura picape rival de Fiat Toro e Renault Oroch

A única opção de motor é o 1.6 Gamma GDI, versão turbinada do motor utilizado no HB20 , abastecido apenas com gasolina e acoplado ao câmbio automatizado de dupla embreagem e sete marchas. É bem mais potente, gerando 177 cv a 5.500 giros e 27 kgfm de torque entre 1.500 a 4.500 rpm. Conta com injeção direta de combustível e duplo comando de válvulas variável. Segundo o sistema de etiquetagem do Inmetro, rende 9,79 km/l na cidade e 11,93 km/l na estrada, com gasolina.

Versões

Hyundai New Tucson GL (R$ 138.900) – Vem com partida por botão, volante multifuncional com ajuste de altura e profundidade, ar-condicionado de duas zonas, sensor crepuscular, retrovisores externos com desembaçador, controle eletrônico de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, ancoragem ISOFIX para cadeiras infantis, seis airbags (frontais, laterais e de cortina), bancos de couro com ajuste elétrico para o motorista e o passageiro, e central multimídia com tela sensível ao toque de 7 polegadas e espelhamento do celular.

LEIA MAIS:  Hyundai Santa Cruz, picape com ares de SUV, não chega antes de 2020

Hyundai New Tucson GLS (R$ 147.900) – Adiciona computador de bordo com tela TFT de 4,2 polegadas, grade dianteira cromada, faróis com projetor e assinatura em LED, lanterna traseira em LED e teto solar panorâmico com sistema antiesmagamento.

Hyundai New Tucson Special Edition Top (R$ 159.600) – Ganha espelho retrovisor eletrocrômico, abertura do porta-malas por aproximação, bancos dianteiros com aquecimento e resfriamento, faróis dianteiros em LED, assistente de estacionamento, luzes direcionais de curva e detector de ponto cego.

Impressões

Hyundai New Tucson
Divulgação/Hyundai
Hyundai New Tucson

O contato com o New Tucson foi um dos mais curtos que já tive em um evento feito por uma fabricante. Isso porque o test-drive foi compartilhado com o sedã Elantra, com três jornalistas por carro. O resultado foi de aproximadamente 15 minutos dirigindo por Florianópolis (SC). Apesar disso, deu para sentir bem como funciona o utilitário e se irá responder à expectativa da Hyundai-Caoa.

Com turbo e injeção direta, o New Tucson anda bem com o 1.6, considerando que é um carro de 1.496 kg. As trocas do câmbio de dupla embreagem são rápidas e, com o torque aparecendo cedo, o SUV consegue ser mais ágil do que o esperado. Manteve todas as qualidades do seu antecessor, o ix35 , com muito conforto ao rodar, graças à boa calibração da suspensão, sem ficar mole demais nas curvas. O espaço interno é bom, assim como o porta-malas com capacidade para 513 litros.

As dificuldades para vender aparecem quando olhamos para o lado de dentro. O acabamento é bom, mas fica atrás dos concorrentes e é bem parecido com o do Creta. Muitos dos equipamentos do Hyundai New Tucson aparecem no irmão menor, fazendo com que se diferencie apenas pelo motor turbo e tamanho. Se estivesse sendo vendido no lugar do ix35 , faria mais sentido. Porém, por R$ 138.990, é difícil justificar uma compra – ainda mais com alguns dos rivais se renovando e com preços mais baixos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.