Tamanho do texto

Modelo médio feito na Argentina receberá retoques no desenho, entre outras novidades, mesmo depois de ter saído de linha nos EUA

Novo Chevrolet Cruze chegará ao Brasil no segundo semestre com novo design e novas tecnologias
Divulgação
Novo Chevrolet Cruze chegará ao Brasil no segundo semestre com novo design e novas tecnologias

Com a reestruturação da GM em diversos países, o Chevrolet Cruze saiu de linha nos EUA, mas as versões que são produzidas na Argentina e trazidas ao Brasil vão ganhar retoques no desenho, entre outras novidades a partir do segundo semestre deste ano. O modelo estreia equipamentos como 4G e Wi-Fi a bordo, bem como retoques visuais por todos os lados.

LEIA MAIS: Chevrolet Tracker 2019 chega com controle de estabilidade em todas as versões

O Chevrolet Cruze  atual acaba de receber a série Black Bow Tie, que vem com câmera de ré, sensor de estacionamento, ré com sensor de estacionamento, multimídia MyLink A compatível com Android Auto e Apple CarPlay e o sistema de telemática OnStar entre os itens de série. Trata-se de uma estratégia já conhecida da marca, que aposta em conectividade e itens de tecnologia para os ocupantes, ante rivais como a nova geração do Toyota Corolla , que está por vir.

LEIA MAIS: Flagra! Novo Chevrolet Prisma é visto em testes, ainda camuflado

Além disso, o carro conta com controle de estabilidade (ESP), direção elétrica, sistema de monitoramento da pressão dos pneus, entre outros itens. Como opcional, pode trazer até sistema de som premium da JBL especialmente projetado para o veículo, assim como outros acessórios já disponíveis. O motor é o 1.4, turbo, de 153 cv e 24,5 kgfm, que funciona com câmbio automático, de seis marchas. Apesar da configuração hatch não prometer vender muito — já que o segmento de hatches médios representa menos de 1% das vendas no Brasil — o sedã deve acumular uma boa participação de mercado.

LEIA MAIS: GM terá 11 lançamentos no Brasil em 2019 e aposta nos elétricos

Vida difícil do Chevrolet Cruze

Logo depois que o Chevrolet Cruze renovado chegar ao Brasil, o sedã da GM terá que enfrentar o  Corolla híbrido
Newspress
Logo depois que o Chevrolet Cruze renovado chegar ao Brasil, o sedã da GM terá que enfrentar o Corolla híbrido

Mesmo com as novidades, vai ser difícil o Chevrolet Cruze Sport6 ter um bom aumento de vendas no Brasil em função da queda drástica das vendas de hatches médios no Brasil. De acordo com a Fenabrave (Federação dos Distribuidores de Veículos), o segmento representa hoje em dia apenas 0,75% das vendas de automíveis e comerciais leves.

LEIA MAIS: Chevrolet Bolt revela um futuro brilhante sobre carros elétricos. Veja vídeo

Isso aconteceu, principalmente, com a chegada dos SUVs compactos. Na Volkswagen, com o lançamento do T-Cross, a marca decidiu parar de produzir as versões 1.0 e 1.4 do Golf , que passa a ser feito apenas com motor 2.0 turbo, do GTI. Além disso, a Ford já divulgou que vai deixar de produzir o Focus na Argentina, em maio próximo.

LEIA MAIS: Chevrolet Camaro 2019: a síndrome do "underground"

No terreno dos sedãs médios, o cenário é um pouco melhor. Mas o Chevrolet Cruze renovado terá que enfrentar o novo Toyota Corolla, que chega no fim do ano, totalmente novo e com a inédita versão híbrida flex, a primeira do gênero feita no mundo. Outro rival de peso do modelo da GM é o Honda Civic, que tem se mantido em segundo lugar nas vendas do segmento no Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.