Tamanho do texto

Novidade equivalente ao sedã Model 3 promete oferecer mais praticidade do que o "irmão" maior Model X, além de eficiência e bom desempenho

Tesla Model Y surge para concorrer com o Jaguar I-Pace, oferecendo tecnologias de última geração
Divulgação
Tesla Model Y surge para concorrer com o Jaguar I-Pace, oferecendo tecnologias de última geração

Quarto modelo da marca, e segundo SUV, o Tesla Model Y acaba de ser revelado. Com quatro configurações diferentes que partem de US$ 39 mil (R$ 150 mil em conversão direta), traz tecnologias de última geração, e mais versatilidade que o seu “irmão” Model X. Entretanto, o seu lançamento será só no ano que vem. As primeiras versões a ganharem as ruas serão as mais caras, Performance (US$ 55.700 — R$ 214 mil em conversão direta) e Long Range (R$ 164 mil na versão 4x2 e R$ 180 mil na 4x4) . Elas chegarão no segundo semestre de 2020. Já a mais em conta Standard, ficará para o primeiro semestre de 2021.

LEIA MAIS: Tesla Model X bate recorde rebocando aeronave de 130 toneladas

O Tesla Model Y na versão de topo Performance é equipada com dois motores, tração integral, conta com autonomia de 450 km, acelera de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos e chega aos 241 km/h. Enquanto isso, a Long Range 4x4 garante 450 km de autonomia, 4,8 segundos no 0 a 100 km/h e 217 km/h de máxima, e a 4x2, 483 km, 5,5 segundos e 209 km/h respectivamente. Por último, a versão de entrada Standard tem autonomia de 370 km, aceleração até 100 km/h em 5,9 segundos e máxima de 193 km/h.

LEIA MAIS: Muito além do popular: híbridos ou elétricos, veja seis esportivos ultravelozes

Segundo a Tesla, todas as versões podem levar até 7 ocupantes com muito conforto e espaço para bagagens. A estratégia de mercado da marca prevê que, tal como o Tesla Model S está para o Model X, a novidade é considerada a variante SUV do Model 3. Em todos os carros, estão contidas tecnologias de inteligência artificial, equipamentos de conectividade de última geração e funções que auxiliam o condutor tanto no dia-a-dia quanto nas estradas.

LEIA MAIS: A nova de Elon Musk: Tesla vai liberar patentes para concorrentes

Sedã do Tesla Model Y

O sedã Model 3 é o carro elétrico mais vendido nos Estados Unidos. Com o Tesla Model Y,  deverá ser o novo líder
Divulgação
O sedã Model 3 é o carro elétrico mais vendido nos Estados Unidos. Com o Tesla Model Y, deverá ser o novo líder

Atualmente, o Tesla Model 3 é o carro mais em conta da marca, saindo por US$ 35 mil (aproximadamente R$ 136,5 mil), um valor dentro da média de preços dos híbridos nos EUA. Há cerca de 3 anos, o carro estava confirmado para chegar, mas ainda não há qualquer confirmação oficial de que isso realmente acontecerá. Se viesse, poderíamos esperar que custaria mais de R$ 400 mil.

LEIA MAIS: Conheça quais são os 7 carros elétricos e híbridos disponíveis no Brasil

Segundo a Tesla, o Model 3 tem uma autonomia de cerca de 500 km, tendo até já alcançado um recorde de 975,5 km percorridos com apenas uma carga, bem como acelera de 0 a 100 km/h em apenas 3,5 segundos. Além disso, mesmo que possam ser reabastecidos como qualquer outro elétrico e híbrido, com uma tomada, a marca possui uma tecnologia de Superchargers , capaz de carregar as baterias até 80% em 30 minutos. Tal como o Tesla Model Y , tem tração traseira ou integral (dependendo do modo selecionado) e vem com o modo de condução semi-autônomo Autopilot.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.