Tamanho do texto

Nova versão será apresentada no Salão de Frankfurt, em setembro. Antes disso, já em abril, a fabricante começa a aceitar encomendas pelo novo I.D

VW Up! elétrico, ou e-Up!, é a opção mais imediata antes dos I.D, que terão a plataforma modular dos VW elétricos
Divulgação
VW Up! elétrico, ou e-Up!, é a opção mais imediata antes dos I.D, que terão a plataforma modular dos VW elétricos

A Volkswagen terá entre as novidades do Salão de Frankfurt (Alemanha), entre os dias 12 e 22 de setembro, o elétrico I.D e o fim das versões a combustão do Up! na Europa, uma vez que o modelo será encontrado por lá apenas movido a eletricidade.

LEIA MAIS: VW revela elétrico I.D. em testes antes do lançamento, já no ano que vem

A marca alemã passará a apostar usas fichas nos modelos elétricos no mercado europeu e o pequeno VW Up! , lançado em 2013, passará a ser encontrado apenas na versão elétrica, agora com algumas melhorias que também deverão ser adotadas nos clone do subcompacto, o Skoda Citigo e o Seat Mii, ambos os primeiros modelos elétricos de suas respectivas marcas.

Conforme o diretor de marketing da matriz da Volkswagen, Jurgen Stackamnn, a decisão de fabricar apenas versões elétricas do Up! tem entre as justificativas a impossibilidade de um modelo desse porte atender às rígidas normas de emissões de CO2 em vigor atualmente na Europa sem investimentos em mais tecnologia, o que seria economicamente inviável. Portanto, foi mais sensato passar oferecer apenas o carro com motor elétrico, mesma escolha feita pela Smart, por exemplo.

LEIA MAIS: Volkswagen confirma fabricação de novo crossover elétrico nos EUA

O Up! elétrico será oferecido pela Volkswagen até a chegada de um novo modelo que será fabricado em parceria com a empresa e.Go. A novidade promete ter o mesmo patamar de preço do Up!. Aliás, o segmento de subcompactos faz parte dos que não vão bem das pernas até na Europa, onde esse tipo de carro tem mais tradição. Isso porque as fabricantes precisam aliar lucratividade com os altos custos que envolvem os novos padrões de segurança e de emissões.

VW Up! conviverá com o elétrico I.D

VW I.D. chegará a conviver com o VW Up! elétrico, mas será uma opção mais moderna e refinada
NewsPress
VW I.D. chegará a conviver com o VW Up! elétrico, mas será uma opção mais moderna e refinada

Seguindo o modelo de sucesso adotado pela Tesla e por outras marcas de carros elétricos, a Volkswagen começa a aceitar pedidos de encomenda pelo hatch VW I.D a partir do próximo dia 8 de maio, revelou o executivo responsável pelo modelo, Jürgen Stackmann, durante a conferência anual do Grupo VW.

LEIA MAIS: Volkswagen elétrico da família I.D terá até 500 km de autonomia

Ainda conforme Stackmann, a Volkswagen espera que o novo modelo tenha todas as primeiras unidades da leva de lançamento vendidas antes do carro ser apresentado oficialmente no Salão de Frankfurt (Alemanha), em setembro. Será o primeiro de vários outros carros elétricos que serão lançados em seguida pela marca alemã.

Ainda não há dados oficiais a respeito, mas circulam nos bastidores informações que dão conta de que o I.D terá autonomia de cerca de 550 quilômetros e custará a partir de algo em torno de 30 mil euros (R$ 129 mil numa conversão simples). São números que precisam ser animadores para a dimensão que a marca pretende atingir nos próximos 10 anos.

LEIA MAIS: VW vai mostrar bugue elétrico conceitual no Salão de Genebra, em março

O Grupo Volkswagen quer lançar 70 novos modelos elétricos em uma década e vender cerca de 22 milhões de unidades nesse período. Isso inclui modelos da Porsche, Audi, Bentley e outras. Além disso, estima-se que em 2030, 40% dos modelos do portifólio das marcas do grupo alemão sejam elétricos, mas não devemos esperar que o VW Up! elétrico ainda esteja à venda até lá.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.