Tamanho do texto

Supermoto mais vendida no segmento das 1000 cc poderá ficar melhor para rodar em solo brasileiro do que a importada vendida atualmente

BMW arrow-options
Divulgação
BMW S 1000 RR: Super moto é pensada para entregar o máximo de desempenho nas pistas

Após anunciar um investimento de R$ 4,7 milhões para produzir a esportiva BMW S 1000 RR em Manaus (AM), a inicia a sua produção hoje (12). A supermoto se torna o décimo modelo da linha atual produzia em Manaus (AM), juntando-se a R 1250 GS, R 1250 GS Adventure, F 750 GS, F 850 GS, F 850 GS Adventure, G 310 R, G 310 GS, S 1000 R e S 1000 XR. A redação do iG Carros entrou em contato com a fabricante para saber o que mudou em relação à importada que é vendida hoje, mas preferiram não comentar nada, por enquanto.

LEIA MAIS: Suzuki Hayabusa deverá voltar a ser fabricada

Entre as principais vantagens da BMW S 1000 RR se tornar nacional, estão a possibilidade da equipe de engenharia conseguir refinar o projeto para rodar com mais eficiência em solo brasileiro, além da oferta de peças, que pode vir a chegar mais rapidamente a partir da encomenda, bem como se tornar mais em conta. Atualmente, o modelo parte de R$ 76.900, quase o mesmo preço da rival Honda CBR 1000RR Fireblade (R$ 71.390), que acaba de receber atualizações .

LEIA MAIS: Ducati Panigale V4 S chega ao Brasil com desenvolvimento da MotoGP

Equipamentos e números da importada

BMW arrow-options
Divulgação
Cluster multifuncional informa o piloto dos dados de condução e permite ajustes na eletrônica

Na última atualização, o modelo é equipado com um motor de 999cc que gera 207 cv a 13.500 rpm e 11,52 kgfm a 1.000 rpm. Além disso, traz o sistema de trocas de marcha rápidas quickshifter bidirecional de série. No total, ela pesa 197 kg, 11 kg menos do que os 208 kg da geração anterior.

LEIA MAIS: Kawasaki Ninja ZX-10R SE 2020 chega com desempenho mais refinado

De acordo com a marca, uma das missões dos engenheiros foi melhorar a moto esportiva em todos os aspectos, tanto na velocidade quanto na dinâmica ao dirigir, deixando a esportiva mais amigável. Para isso, recebeu itens de auxílio como assistente de partida em rampas e quatro modos de pilotagem: Rain, Road, Dynamic e Race. Ao adicionar o pacote Pro, a esportiva traz configurações mais permissivas do controle de tração, freios ABS e outros.

Por fim, a BMW S 1000 RR atual adota um conjunto em LED. O novo quadro posiciona o motor integralmente à estrutura. O cluster, por sua vez, é digital e conta com tela de 6,5 polegadas.