Tamanho do texto

Parcerias com aplicativo e startup indicam uma possível nova era da marca norte-americana. Saiba mais detalhes sobre o assunto

Em parceria com a Ford, protótipo do Fusion autônomo para o aplicativo Lyft, concorrente do Uber e seus carros elétricos
Divulgação
Em parceria com a Ford, protótipo do Fusion autônomo para o aplicativo Lyft, concorrente do Uber e seus carros elétricos

A Ford passa por um momento complexo, mas não necessariamente ruim. Globalmente, a gigante norte-americana estará saindo gradativamente do negócio de carros convencionais. E tomou para si o desafio de levar para as massas os carros híbridos, elétricos e os auto-dirigíveis, também chamados de autônomos.

LEIA MAIS: Novos híbridos japoneses conseguem unir versatilidade e economia

Vale lembrar que, no início do século 20, a Ford revolucionou o setor automotivo e os costumes de toda uma época, criando uma maneira totalmente nova de produção com a primeira linha de montagem em massa da história. Agora a marca será capaz de repetir o feito no mundo tecnológico, com os carros híbridos e elétricos?

Além dos carros elétricos, a Ford e a Argo AI reuniram jornalistas para um teste nas ruas de Miami com o Fusion autônomo
Divulgação
Além dos carros elétricos, a Ford e a Argo AI reuniram jornalistas para um teste nas ruas de Miami com o Fusion autônomo

Ela já tem parcerias importantes. Com o aplicativo Lyft, concorrente do Uber, por exemplo, a ideia é que equipes de ambas as empresas trabalhem juntas para que, em breve, o app ofereça seu serviço de transportes com carros da Ford, totalmente automatizados e autodirigíveis. O projeto não pretende acabar com o trabalho dos motoristas, mas oferecer as duas possibilidades aos usuários.

LEIA MAIS: Novas vans chegam ao mercado em versões compactas e até elétricas

Entre os carros híbridos, o novo Ford Explorer Hybrid será lançado em 2020 e poderá ser uma das novidades no Brasil
Divulgação
Entre os carros híbridos, o novo Ford Explorer Hybrid será lançado em 2020 e poderá ser uma das novidades no Brasil

A tecnologia de carros autônomos está em testes e vem sendo desenvolvida em conjunto, entre outros, com a Argo Al, start up de robótica na qual a Ford investiu US$ 1 bilhão. Recentemente, a Ford e a Argo reuniram jornalistas especializados em automóveis e blogueiros para mostrar o progresso que fizeram no último ano com seu carro autônomo, em testes reais na cidade de Miami.

O evento foi projetado para transmitir uma mensagem ao público de que a tecnologia da Ford está avançada e pronta para rodar, em um modelo sólido e bem solucionado para o futuro próximo. “Mostramos no trânsito como a vida é na cidade real e que estamos focados em construir um carro seguro e confiável", afirmou Bryan Salesky, empreendedor da Argo.

LEIA MAIS: A nova de Elon Musk: Tesla vai liberar patentes para concorrentes

Para o chefe dos mercados globais da Ford, Jim Farley, a empresa está explorando novos veículos com espaço de transição visando à economia de combustível. “Teremos um negócio de automóveis de passageiros muito diversificado", disse Farley. "Não serão apenas tradicionais sedans que tendem a ser comoditizados.”

Carros híbridos e elétricos agora

Além dos carros híbridos, o Focus Electric chegará com novo motor elétrico de 50 kWh e autonomia de 190 km na cidade
Divulgação
Além dos carros híbridos, o Focus Electric chegará com novo motor elétrico de 50 kWh e autonomia de 190 km na cidade

Enquanto as iniciativas ultrainovadoras não chegam ao mercado, a Ford vem transformando picapes e utilitários esportivos em híbridos e carros elétricos . No último Salão de Detroit, apresentou seu SUV-símbolo, o Explorer Hybrid.

O atual Fusion já dispõe de uma versão híbrida (já vendida no mercado brasileiro) e outra plug-in, cujo motor elétrico pode ser recarregado numa tomada. Já o Focus existe em opção elétrica nos Estados Unidos e na Europa e o modelo 2019 chegará com maior autonomia de rodagem. Este carro 100% elétrico poderá ser uma boa opção da marca no mercado brasileiro.

LEIA MAIS: Segmento de sedãs grandes diminui, mas lançamentos continuam atraentes

No Brasil, a notícia recente do fechamento da fábrica da Ford em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, marca o fim de uma era de produção de carros e caminhões na história da empresa no ABC paulista. Um momento de muito sensível em ternos trabalhista, econômico e social, mas não surpreendente. Vale ressaltar que a Ford mantém suas linhas atuais de veículos competitivos no mercado brasileiro e tem unidades industriais e centros de engenharia, maiores e mais modernos, em outras localidades nos estados de São Paulo e da Bahia.

Este ano a Ford completa 100 anos de suas atividades no Brasil. E, com esse novo modelo de negócio mundial, é possível ter uma previsão bem otimista para a marca, com carros híbridos e elétricos, apesar do noticiário atual.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.