Tamanho do texto

Novidade sai por R$ 99.990, com o objetivo de aumentar a sua competitividade no mercado. Entretanto, sedã mantém motor 1.4 TSI Flex

Após o lançamento do novo VW Jetta Comfortline e R-Line 2019, a Volkswagen aumenta sua linha do sedã com uma versão mais simples do sedã. Batizado apenas de Jetta 250 TSI, o carro conta com o mesmo motor 1.4 turbo, mas com uma série de detalhes um pouco mais simples.

LEIA MAIS: Mini Cabrio 2019 fica ainda mais irreverente sem capota. Veja avaliação

Apesar de ser uma versão de entrada, o VW Jetta 250 TSI ainda é ofertado com bons itens. O modelo vem equipado com central multimídia, ar condicionado digital de duas zonas, volante com comando de áudio e piloto automático, além de faróis em lanternas de LED.

LEIA MAIS: Ford Ka Freestyle traz modernidade e sofisticação aos compactos

Porém, alguns itens não estão disponíveis nessa versão, como: pacote de luz ambiente, volante e bancos revestidos de couro, faróis de neblina e modos de condução. Além disso, o teto solar não é ofertado nem como opcional para a versão de entrada.

LEIA MAIS: Honda Accord 2019 chega com motor 2.0 turbo e câmbio de 10 marchas

Outro ponto que mudou foram as rodas. O modelo de entrada usa rodas de 16 polegadas, que deixou o sedã da VW com uma aparência mais simples, porém ajudou no confronto do modelo, mais do que já tinha ficado nessa atual geração.

LEIA MAIS: Toyota Yaris Sedan: assista ao vídeo com detalhes do novo compacto

Na parte mecânica, nada mudou para o Jetta de entrada. O sedã vem equipado com motor 1.4 turbo flex, que rende até 150 cavalos de potência, quando abastecido com etanol e câmbio automático de seis matrchas. Trata-se de um conjunto mecânico eficiente, que não deixa a dever no desempenho.

LEIA MAIS: Jaguar F-Type P300 mostra equilíbrio no Autódromo de Interlagos

Competitividade do VW Jetta

VW Jetta mais em conta não deixa a desejar em visual e equipamentos, e ainda aumenta a acessibilidade
Renato Maia/Falando de Carro
VW Jetta mais em conta não deixa a desejar em visual e equipamentos, e ainda aumenta a acessibilidade

O preço é o principal atrativo do Jetta 250 TSI. Por R$ 99 mil, o sedã compete diretamente com as versões intermediárias de Honda Civic , Toyota Corolla ,  Nissan Sentra e Chevrolet Cruze. Apesar de ter trazido novas tecnologias na mudança de sua versão, só agora é que teremos a chance de ver a ascenção do Jetta no mercado brasileiro.

LEIA MAIS: Chevrolet S10 Midnight é a versão descolada da picape da GM. Assista ao vídeo

Em 2019 a Volkswagen deve apresentar outra versão do Jetta no mercado brasileiro, com motor 2.0 TSI, mas ainda não sabemos se será a versão GLI ou virá com a nomenclatura Highline. Com isso, a popularidade da antiga geração do sedã médio deve se reaquecer a níveis mais competitivos.

LEIA MAIS: Chevrolet Onix LTZ 2019: confira todos os detalhes da renovação

Com relação ao VW Jetta de entrada, a Volkswagen pode ter uma ameaça na própria marca futuramente, trata-se do Virtus GTS, que usará o mesmo conjunto mecânico 1.4 TSI e câmbio automático, de seis marchas. O Virtus esportivo, ainda sem data para ser lançado, pode custar próximo dos R$ 95 mil.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.