Tamanho do texto

Rival de BMW Série 7 e Mercedes-Benz Classe S, sedã de luxo traz novas tecnologias que prometem aprimorar o luxo e a sofisticação

Muito luxo e alta tecnologia marcam o novo sedã A8, que promete impressionar o público do Salão do Automóvel 2018
Divulgação
Muito luxo e alta tecnologia marcam o novo sedã A8, que promete impressionar o público do Salão do Automóvel 2018

Depois de anunciar a presença do A6 e do A7, a Audi confirma que a nova geração do sedã de topo A8 também será apresentada no Salão do Automóvel 2018. Lançado na Europa em junho do ano passado, o modelo será visto ao vivo pelos brasileiros pela primeira vez e deverá começar a ser vendido por aqui no ano que vem. Na comparação com a linhagem passada, o sedã está maior e agora carrega o diferencial de ser o primeiro carro de produção em série no mundo a oferecer sistema de condução autônoma nível 3.

LEIA MAIS: VW confirma: terá picape conceitual, nova rival da Toro, no Salão do Automóvel

Tal como os “irmãos” menores que também estarão no Salão do Automóvel 2018 , não só o design mudou. Com 5,17 metros de comprimento, o novo Audi A8 é 37 mm maior que seu antecessor. Também é 13 mm mais alto (1,47 m) e tem 6 mm a mais no entre-eixos, que chegou a 3 m. Já a largura é 4 mm menor, com 1,95 m. As chances que os rivais têm diante do Audi, como o  BMW Série 7 e o Mercedes-Benz Classe S, depende da maior oferta de sofisticação e tecnologias

LEIA MAIS: Audi confirma que terá novo Audi A6 no Salão do Automóvel, em novembro

Tecnologia de ponta no Salão do Automóvel 2018

Os visitantes do Salão do Automóvel 2018 poderão ter as suas próprias impressões ao entrar no sedã de luxo
Divulgação
Os visitantes do Salão do Automóvel 2018 poderão ter as suas próprias impressões ao entrar no sedã de luxo

Um das principais novidades do Audi A8 fica por conta dos faróis batizados pela Audi de "HD Matrix LED", ativados automaticamente sempre que o carro supera os 70 km/h, e que têm a capacidade de dobrar o alcance dos feixes de luz na comparação com a tecnologia usada anteriormente. Cada um deles tem 138 LEDs e um diodo a laser de alto desempenho. Eles são opcionais para o novo A8. Todo o sistema de iluminação, que inclui as lanternas traseiras de OLED, com 135 LEDs em cada peça, é responsável pelo significativo aumento de preço do sedã na Europa, de 10 mil euros, dependendo da configuração.

LEIA MAIS: BMW i8 Roadster está confirmado para o Salão do Automóvel, no São Paulo Expo

Outra grande mudança diz respeito ao sistema de piloto automático autônomo. Segundo a Audi, um scanner a laser funciona com radares e outros sensores, de modo a obter o layout do que está ao redor do veículo. Dessa forma, o motorista pode ser "dispensado" em situações de tráfego intenso, deixando o carro agir sozinho a velocidades de até 60 km/h. O mesmo acontece na hora de estacionar. O sedã se encarrega de fazer a manobra sozinho e o motorista pode acompanhar tudo do lado de fora, monitorando a ação por meio do celular.

LEIA MAIS: Aceleramos o raro Fiat Coupé no Autódromo de Interlagos. Assista ao vídeo

A versão que virá ao Salão do Automóvel 2018 , agora tem sistema híbrido leve, de 48V. O dispositivo funciona em velocidades entre 55 km/h a 160 km/h, de modo a garantir maior economia de combustível e, consequente, redução da emissão de gases nocivos. Na Europa, o carro pode ser encontrado com motor 3.0 TFSI, a gasolina, de 340 cv e 3.0 TDI turbodiesel, de 286 cv. Posteriormente, serão adicionados ao portfólio o V8 4.0 e W12 6.0, além de uma versão híbrida do tipo plug-in. O câmbio é sempre automático de 8 marchas, com tração integral quattro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.