Tamanho do texto

Model 3 é rival do BMW i4, outro sedã elétrico do evento. Segundo a marca, roda até 500 km sem recargas e vai até 100 km/h em 3,5 segundos

Tesla do Salão de Paris é o elétrico mais em conta da marca, mas conta com todas as tecnologias de última geração
Divulgação
Tesla do Salão de Paris é o elétrico mais em conta da marca, mas conta com todas as tecnologias de última geração

O Tesla Model 3 foi revelado ao público europeu pela primeira vez, no Salão de Paris. A marca de Elon Musk levou dois exemplares que passam a ser os primeiros oficialmente em solo francês. Além disso, a fabricante aproveitou a ocasião para convidar os proprietários franceses que já reservaram o modelo para o verem ao vivo, uma vez que ainda não há data oficial para o lançamento do modelo em solo europeu. Por lá, o lançamento está previsto para o início ou meados do ano que vem.

LEIA MAIS: Novo BMW i4 conceitual é revelado com o Tesla Model S na mira

Em comunicado enviado aos europeus que já reservaram o Tesla Model 3 , a marca não mencionou preços, optando antes por enaltecer características como o teto panorâmico e a tela sensível ao toque de 15 polegadas. Se no Salão de Paris ainda há uma fila de espera para a sua chegada, nos EUA é o carro mais em conta da marca, saindo por US$ 35 mil (aproximadamente R$ 136,5 mil), um valor dentro da média de preços dos híbridos nos EUA.

LEIA MAIS: Renault apresenta variante elétrica do Kwid no Salão de Paris

Controvérsias para além do Salão de Paris

Apesar de criar grande expectativa, o Model 3 não tem estado livre de controvérsia. Tem passado por problemas associados à produção, aos prazos de entrega aos proprietários nos EUA, até problemas com controle de qualidade. Segundo a Tesla, o Model 3 tem uma autonomia de cerca de 500 km, tendo até já alcançado um recorde de 975,5 km percorridos com apenas uma carga, bem como acelera de 0 a 100 km/h em apenas 3,5 segundos.

LEIA MAIS: Peugeot revela cupê conceitual elétrico e autônomo no Salão de Paris

Além disso, mesmo que possam ser reabastecidos como qualquer outro elétrico e híbrido, com uma tomada, a marca possui uma tecnologia de Superchargers , capaz de carregar as baterias até 80% em 30 minutos. Tem tração traseira ou integral (dependendo do modo selecionado) e vem com o modo de condução semi-autônomo Autopilot .

LEIA MAIS: Novo BMW Série 3 finalmente chega e é revelado no Salão de Paris

A presença da Tesla no Salão de Paris é ainda mais surpreendente quando se lembra que a marca norte-americana não costuma marcar presença nos salões, optando por eventos próprios para apresentar os modelos. Apesar desta participação em solo europeu, a marca continua sem revelar datas de lançamento oficiais, preços ou se as características das versões europeias, que irão divergir das versões americanas.

Infelizmente, a chegada do carro elétrico ao Salão de Paris  ainda não indica nada sobre sua chegada ao Brasil. Ao contrário disso, em sua missão de acelerar a adoção da mobilidade sustentável, a Tesla irá expandir suas operações pelo resto do mundo. A rede de lojas vai aumentar de 215 para 441, com a inclusão de novos países. Em um post no Twitter, Elon Musk confirmou que o Model 3 será vendido na África do Sul, Coreia do Sul, Índia, Nova Zelândia, entre outros.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.