Tamanho do texto

Por R$ 299.950, modelo premium será vendido na versão única Momentum. Confira as nossas impressões ao volante da bela station wagon

Volvo V60: a marca estima que venderá cerca de 150 unidades em um ano. O volume é baixo para um carro tão legal
Cauê Lira/iG Carros
Volvo V60: a marca estima que venderá cerca de 150 unidades em um ano. O volume é baixo para um carro tão legal

É difícil não chamar atenção quando se está em uma barra de Toblerone com fisionomia sueca no trânsito. Os vincos que cortam a perua acobreada de proa até a popa compõem um belo jogo de luz e sombra, dando uma característica ainda mais musculosa para a linda Volvo V60. Destaque para o jogo de LED nos faróis dianteiros, que formam o imponente “martelo de Thor”, enquanto a grade frontal dá o ar da graça com acabamento cromado no padrão vertical.

LEIA MAIS: Mercedes-Benz GLC Highway: SUV grandalhão é puro status

Este é um daqueles carros que andam em câmera lenta para os pedestres, desacostumados com as elegantes peruas premium que perdem espaço para os benditos SUVs. A Volvo V60 é o motivo de eu não querer um utilitário esportivo, não importa o quão “ hypados ”  eles sejam.

Até os donos de SUVs acabam virando o pescoço para a V60.  No trânsito caótico de São Paulo, o rapaz em um BMW X1 pediu que baixasse o vidro para trocar alguns segundos de palavras sobre o carro. Foi tempo suficiente de falar que trabalhava no iG, e sugerir que visse a nossa lista de 5 motivos para ter uma perua , e não um SUV .

LEIA MAIS: Confira 5 motivos para ter uma perua, e não um SUV

Por mais que os SUVs tenham qualidades - ainda mais no asfalto castigado de todas as cidades brasileiras - nada supera a dirigibilidade de uma perua. Muito do desempenho superior vem da aerodinâmica no design, que contribui para o arrasto mais fluido entre todos os tipos de carroceria. Por serem mais altos e pesados, os SUVs costumam manter mais resistência ao ar.

Combine essa qualidade com um potente 2.0 turbo, que desenvolve 254 cv a 5.500 rpm e 35,7 kgfm a partir de meros 1.500 rpm. Com o bom gerenciamento do câmbio automático de oito marchas, a Volvo conseguiu fazer uma perua ágil, eficiente e muito prazerosa de guiar. De acordo com a marca, materiais leves são usados em todo o veículo para reduzir o peso total e garantir respostas rápidas do acelerador. Talvez o volante, importado da linha XC40 , pudesse ser um pouco menor para passar uma impressão ainda mais dinâmica, mas a V60 mostra muito fôlego para uma toca mais animada ao volante.  Para ir de 0 a 100 km/h são necessários apenas  6,4 segundos.

São quatro modos de condução: conforto, eficiente, esportivo e individual. Como queria economizar um pouco mais de combustível, acabei rodando 70% do meu tempo no modo de economia. Além de amansar acelerador e o sistema de transmissão, o gerenciamento da Volvo abusa do sistema start-stop para salvar um pouco mais de combustível nos semáforos. De acordo com o Inmetro, a V60 é capaz de aferir 9,3 km/l na cidade e 12,5 km/l na estrada.

LEIA MAIS: Volvo XC60 Diesel: eficiência sueca

Como se não bastasse o bom desempenho e eficiência, a V60 ainda enfrenta o trânsito sozinha. A Volvo instalou piloto automático adaptativo, que controla a velocidade e distância do carro à frente; e o Pilot Assist, que mantém a perua dentro da faixa e é capaz de realizar curvas suaves. Meus amigos ficaram de queixo caído enquanto a V60 girava o volante sem minha interferência para se manter na faixa, mas um deles se queixou do espaço para o ocupante do meio. Por conta do túnel alto, apenas quatro pessoas viajam com total conforto e muito espaço para os joelhos na V60.

Para deixar o trajeto ainda mais agradável, conectei meu celular pelo Apple CarPlay (ela também conta com Android Auto). O sistema de som não é assinado por nenhuma marca, mas conta com dez alto-falantes e 170W de potência. Se você curte ouvir música alta, ficará muito satisfeito com as nuances cristalinas e vigorosas. A central multimídia ainda traz um app nativo que facilita a navegação no Spotify.

Os contras da Volvo V60

A central multimídia da Volvo V60 é vertical, imitando o design dos tablets e parte dos celulares hoje em dia
Divulgação
A central multimídia da Volvo V60 é vertical, imitando o design dos tablets e parte dos celulares hoje em dia

É justamente na parte da conectividade que surgem os primeiros pênaltis da bela perua. A navegação do sistema multimídia de nove polegadas traz a disposição vertical, imitando as telas dos smartphones, mas isso não foi colocado da melhor forma na V60. Os sistemas CarPlay e Android Auto, por exemplo, não foram feitos para uma tela vertical. Isso acaba restringindo sua visualização no kit multimídia.

LEIA MAIS: Lexus NX300h: em breve, todos serão como ele

Entendo que o design escandinavo tenha suas raízes no minimalismo, mas também não curti a integração dos controles climáticos à central multimídia. Imagine a situação: você deverá sair do GPS e acessar os comandos do ar-condicionado para, em seguida, voltar ao aplicativo de navegação. Além disso, é imperdoável que uma perua de quase R$ 200 mil e 4,76 metros de comprimento não tenha câmera de ré.

Mas manobrar a V60 não é uma tarefa das mais difíceis. Há uma boa área envidraçada, que também permite mais entrada de luz no habitáculo. Um teto-solar panorâmico faria a diferença, mas a versão Momentum - a única que a Volvo terá no Brasil - não conta com essa formalidade.

Comprariamos?

Nem estes deslizes me fariam desistir da Volvo V60 . Por R$ 199.950, ela fica na mesma faixa de preço das versões intermediárias do irmão XC40 (que parte de R$ 174.950). Dê uma chance às peruas! Resista conosco, para que este tipo de veículo nunca deixe de existir no mercado brasileiro.

Siga o perfil do iG Carros no Instagram

Ficha técnica
Preço: R$ 199.950
Motor: 2.0, turbo, gasolina
Potência: 254 cv a 5.500 rpm
Torque: 35,7 kgfm a 1.500
Transmissão: automática, oito velocidades
Suspensão: Double Wishbone (dianteira), multibraço (traseira)
Freios: discos ventilados (dianteira), sólidos (traseira)
Porta-malas: 529 litros
Tanque: 60 litros
Consumo: 9,3 km/l (cidade), 12,5 km/l (estrada)
0 a 100 km/h: 6,4 segundos
Vel. Máx: 230 km/h

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.