Tamanho do texto

Fraqueza e instabilidade na estrutura foram os principais motivos. Para as crianças, a falta do Isofix também contribuiu para render duas estrelas

Os pontos em que o baixo desempenho do Nissan March mais comprometeu foram o tronco e as coxas dos ocupantes
Divulgação
Os pontos em que o baixo desempenho do Nissan March mais comprometeu foram o tronco e as coxas dos ocupantes

O Nissan March foi testado pela segunda vez no Latin NCAP e recebeu apenas uma estrela, de um total de cinco. Anteriormente, a estrutura do hatch já havia sido considerada instável em impactos, o que se repetiu nos testes realizados recentemente. O Latin NCAP também alertou a possibilidade de estruturas do painel impactarem contra os joelhos de quem está no banco dianteiro.

LEIA MAIS: Nissan Kicks recebe 4 estrelas no Latin NCAP pra adultos e crianças

Fragilidade estrutural do Nissan March deixou a desejar para a proteção contra colisões
Divulgação
Fragilidade estrutural do Nissan March deixou a desejar para a proteção contra colisões

Nos testes de 2016, o Nissan March tinha três estrelas para proteção de adultos, só que a falta de controle de estabilidade e alerta de uso do cinto de segurança baixaram a nota pelo novo protocolo, mais rigoroso. Enquanto isso, no teste de agora, recebeu só duas estrelas para a proteção das crianças. Vale lembrar que o modelo não tem sistema de fixação Isofix. No mercado desde 2011 aqui no Brasil, suas atualizações ao longo dos anos não envolveram modificações estruturais que contribuíssem para uma melhoria da segurança em acidentes.

LEIA MAIS: Volkswagen Virtus e Chevrolet Onix vão bem em testes de colisão do Latin NCAP

Aqui é evidente como falta rigidez na carroceria, uma vez que toda a estrutura do Nissan March enruga com facilidade
Divulgação
Aqui é evidente como falta rigidez na carroceria, uma vez que toda a estrutura do Nissan March enruga com facilidade

Segundo a montadora: "Estamos continuamente estudando melhorias de segurança para o Nissan March. A Nissan tem um forte processo de controle de qualidade e somos capazes de detectar e corrigir qualquer problema rapidamente". Possivelmente, se a Nissan corrigir os pontos fracos do hatch, veremos melhorias antes de mudar de geração, uma vez que não há planos da chegada do novo March ao Brasil.

LEIA MAIS: VW Polo e Toyota Corolla tiram nota máxima nos testes de segurança 

Outro que recebeu só uma estrela

Prestes a mudar, o Sandero deverá ter nível de proteção dos ocupantes melhorado em breve, tal como o Nissan March
Divulgação
Prestes a mudar, o Sandero deverá ter nível de proteção dos ocupantes melhorado em breve, tal como o Nissan March

Também recentemente, no mês de junho, a dupla Renault Sandero e Logan apresentaram desempenho a desejar. Obtiveram apenas uma estrela para a segurança de adultos e três para crianças. De acordo com o Latin NCAP, os modelos ganharam proteções pobres de impacto frontal, explicando a única estrela para adultos. Mesmo contando com barras laterais nas portas, o órgão diz que falta uma estrutura mais rígida para garantir melhor nota.

LEIA MAIS: Renault Kwid fica com três estrelas nos testes de segurança do Latin NCAP

As falhas continuam. Cinto de três pontos e ancoragem Isofix, por exemplo, não é item de série. Lembramos que os testes do Latin NCAP sempre são realizados considerando modelo menos equipado possível vendido no continente. O órgão finaliza dizendo que o Sandero vendido na África e testado pelo Global NCAP possui cinto de três pontos para todos os ocupantes e ancoragem Isofix para cadeirinhas desde a versão mais simples.

LEIA MAIS: Fiat Mobi vai mal em teste de colisão do Latin NCAP. Assista ao vídeo

Em resposta, tal como para o Nissan March , a Renault diz que vai melhorar o desempenho em segurança da dupla. E isso deverá acontecer em breve, com a chegada as versões renovadas de ambos os modelos, seguindo os padrões adotados na Europa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.