Tamanho do texto

Listamos os utilitários esportivos que você verá pelas ruas em alguns anos

Estamos presenciando a ascensão de dois fenômenos automotivos no mundo. Os SUVs estão tomando as ruas de todos os continentes. Para se ter uma ideia superficial, a dupla Macan e Cayenne já corresponde a 70% das vendas da Porsche no mundo. No Brasil, os últimos levantamentos publicados pela Fenabrave (Federação Nacional de Distribuição de Veículos) apontam que a categoria representa 25% das vendas. Neste cenário, brotam os SUVs elétricos.

LEIA MAIS: Conheça os SUVs compactos com os maiores porta-malas da categoria

Sim, além do fenômeno dos utilitários esportivos, outra moda tem ganhado força nos últimos anos. Quando falamos do futuro da indústria automotiva, os carros elétricos surgem naturalmente neste caminho já pavimentado. Portanto, você pode considerar ter um entre os vários SUVs elétricos que teremos no mercado nas próximas décadas. Para facilitar a sua vida, a reportagem do IG Carros enumera cinco modelos que você poderá comprar no futuro.

LEIA MAIS: Veja 5 carros que passam mais tempo na oficina que na sua garagem

1 - Volvo XC40 EV

Volvo XC40 chegará com uma versão mais tecnológica para concorrer com os futuros SUVs elétricos
Divulgação
Volvo XC40 chegará com uma versão mais tecnológica para concorrer com os futuros SUVs elétricos

A Volvo é uma das marcas que caíram de cabeça no mundo dos carros elétricos. Tanto que os suecos já anteciparam que a atual geração de motores da marca é a última que ainda funciona a combustão. A partir de 2022, o plano é interromper a fabricação das unidades convencionais para o desenvolvimento de motores elétricos, híbridos e baterias . Uma estratégia ousada, julgando que diversos mercados em que a Volvo está atuando (incluindo o Brasil) continuam atrasados em relação ao resto do mundo.

LEIA MAIS: VW T-Cross terá bancos deslizantes. Veja mais informações

A estratégia da marca para o XC40 elétrico é simples. A Volvo quer lançar um SUV premium que seja mais barato que Tesla Model X e Jaguar I-Pace. Poucas informações foram reveladas, mas sabemos que o novo modelo elétrico terá autonomia de 400 km e será apresentado ainda em 2019. Desta forma, a Volvo se consagra como a primeira fabricante a anunciar um fim para novos projetos com motores a combustão, a partir do ano que vem.

2 - Volkswagen ID Crozz

O Volkswagen ID Crozz tem o objetivo de colocar a marca no caminho do futuro entre os SUVs elétricos
Divulgação
O Volkswagen ID Crozz tem o objetivo de colocar a marca no caminho do futuro entre os SUVs elétricos

Em uma categoria ainda mais barata que o Volvo XC40 elétrico, a Volkswagen planeja o ID Crozz. Mostrado no último Salão de Frankfurt (Alemanha), ele é integrante de uma família de três carros prevista para aparecer depois de 2020. Junto do SUV, estão previstos um hatch e a minivan ID Buzz, que será uma releitura elétrica da Kombi. A Volkswagen passou a dar mais importância para o lançamento de modelos híbridos e elétricos depois dos escândalos do Dieselgate.

LEIA MAIS: Veja 5 carros que você nem lembra que são vendidos no Brasil

O conceito ID Crozz foi apresentado com motores elétricos que desenvolvem 302 cv de potência e aproximadamente 500 km de autonomia. A Volkswagen também garante que sua bateria pode ser recarregada até os 80% em apenas trinta minutos.Um executivo comentou que a VW estaria planejando uma abordagem agressiva para desbancar a Tesla. O modelo de produção do ID Crozz seria aproximadamente US$ 8 mil mais barato que o Model 3.

3 - Mini Countryman E All4

Mini Countryman All4 E é a opção descolada entre os SUVs elétricos disponíveis atualmente
Divulgação
Mini Countryman All4 E é a opção descolada entre os SUVs elétricos disponíveis atualmente

A Mini brinca com o conceito de um carro híbrido há quase uma década. Com o lançamento do Cooper S sem motor a combustão, é claro que a novidade seguiria ao SUV Countryman. Vendido na Europa desde a metade do ano passado, ainda não há previsão de chegada ao Brasil. Em uma conversão simples, o modelo parte de R$ 177 mil, em Portugal.

LEIA MAIS: Veja 5 compactos seminovos até R$ 30 mil para ser o seu primeiro carro

Trata-se de um veículo hybrid plug-in, ou seja, que pode ser carregado diretamente na tomada. O Mini Countryman E tem 224 cv de potência e tração nas quatro rodas. Até 80 km/h, o modelo poderá rodar apenas com o motor elétrico, sem gastar um pingo de gasolina. A aceleracão de 0 a 100 km/h fica na casa dos 6,8 segundos, conforme a fabricante.

4 - Lexus UX

Lexus UX contará com uma versão híbrida para rivalizar com o futuro XC40 elétrico
Divulgação
Lexus UX contará com uma versão híbrida para rivalizar com o futuro XC40 elétrico

Seguindo os passos da Toyota, a Lexus também traça seu caminho em direção ao futuro dos carros elétricos. A marca, inclusive, já disponibiliza dois carros híbridos em seu portfólio no Brasil: o sedã LS e o hatchback CT. O futuro UX, por outro lado, será um SUV e está confirmado para chegar no Brasil em 2019 também em suas versões a combustão.

LEIA MAIS: Veja 5 carros que bebem muito e andam pouco

Lembra do Toyota C-HR que foi “desconfirmado” para o Brasil? O UX é, basicamente, sua variante premium da Lexus. Feito sob a mesma plataforma da nova geração do Corolla, o modelo 2.0 híbrido desenvolverá 180 cv de potência. Fale dizer que a Toyota tem planos não apenas de interromper a fabricação de motores a combustão para investir apenas na tecnologia híbrida e elétrica, mas também de zerar as emissões em suas fábricas por todo o mundo, até 2050.

5 - Tesla Model Y

Tesla Model Y chegará entre os SUVs elétricos como um veículo mais barato que o Model X
Divulgação
Tesla Model Y chegará entre os SUVs elétricos como um veículo mais barato que o Model X

Este é o mais misterioso entre os lançamentos da lista. Elon Musk prometeu um SUV compacto para ocupar a lacuna que existe abaixo do Model X. Até o momento, ele é classificado como modelo Y, apesar de seu criador ainda não ter batido o martelo sobre a nomenclatura de produção. O Model Y será feito com bate no hatch compacto Model 3.

LEIA MAIS: Veja 5 carros seminovos de luxo até R$ 60 mil

A Tesla não tem planos de lançá-lo antes de 2020 para competir no segmento de SUVs elétricos . Musk disse em seu perfil no Twitter que o modelo poderá ser apresentado entre o fim de 2018 e o começo de 2019. Vale lembrar que uma situação semelhante aconteceu com o Model 3, onde o modelo de produção tinha algumas diferenças em relação ao conceito mostrado inicialmente.É possível que seus motores sejam compartilhados com outros modelos da linha Tesla, com a adição de novas unidades que podem surgir na virada da década.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.