Tamanho do texto

Jipão de luxo já é o da nova geração, mais tecnológico e equipado se comparado com o vendido anteriormente

Mercedes-Benz Classe G 63 AMG é o jipe mais bruto que você pode comprar entre as marcas alemãs
Divulgação
Mercedes-Benz Classe G 63 AMG é o jipe mais bruto que você pode comprar entre as marcas alemãs

O Mercedes-Benz Classe G volta ao Brasil em sua versão mais nervosa, a G63 AMG. Já renovado, o jipão segue com o seu estilo conservador, característico, mas traz novo motor, além de suspensão e interior renovados. O preço também é novo, que parte de “módicos” R$ 1.049.900 e chega até R$ 1.179.900 na versão limited Edition 1.

LEIA MAIS: Mercedes GLC 63 AMG desembarca no Brasil nas versões SUV e S Coupé

O motor do Mercedes-Benz Classe G é o novo V8 4.0 biturbo que, apesar de menor que o antigo 5.5, tem mais potência e torque. São 585 cv e 86,7 kgfm, números capazes de levá-lo de 0 a 100 km/h em apenas 4,5 segundos e à velocidade máxima limitada a 220 km/h. O câmbio  é de 9 marchas, automático, com distribuição de força entre os eixos de 40/60%, além de ter caixa de reduzida e bloqueio de diferencial para o uso fora-de-estrada. 

Um dos maiores desafios durante o desenvolvimento do novo modelo foi diminuir o peso da carroceria. Utilizando um protótipo digital, os engenheiros simularam a vida operacional de componentes individuais e dos conjuntos para determinar onde poderiam ser utilizados materiais mais leves sem comprometer a durabilidade, vida útil e qualidade.

LEIA MAIS: Lewis Hamilton estreia comercial do Mercedes AMG GT 4-Door, da pista às ruas

Mercedes-Benz Classe G e a tecnologia

No interior, encontra-se o mesmo nível de acabamento e tecnologia dos sedãs de alto luxo da Mercedes, inclusive com a grande tela multimídia com os painéis de controle usados para ativar o controle por voz e o telefone, regular o volume do som, seleção de músicas e outras funções do sistema multimídia. Apesar dessas novidades, não perde o charme da barra em frente ao passageiro, como nos primeiros Classe G63 AMG .

LEIA MAIS: O "monstro" Mercedes-Benz E63 AMG Brabus 800 virá ao Brasil no mês de julho

A suspensão é ajustável, em altura e rigidez, conforme o modo de condução selecionado. Para manter a robustez, a traseira usa eixo rígido, mas é controlada por cinco braços para manter a estabilidade em velocidades mais altas. Além disso, a carroceria é feita de alumínio e aços de alta resistência em sua composição para reduzir o peso e aumentar o nível de segurança dos ocupantes, além da rigidez torcional.

LEIA MAIS: Mercedes-Benz revela primeiras imagens e detalhes da nova geração do GLE

Os bancos traseiros podem ser rebatidos em 40, 60 ou 100%, aumentando o espaço disponível para bagagem do jipe off-road . Seus bancos são equipados foram pensados para oferecer maior conforto e apoio lateral, uma vez que uma condução esportiva exige firmeza e equilíbrio dos ocupantes.

LEIA MAIS: Mercedes GLE 63 AMG: meio SUV, meio cupê, mas muito esportivo

Os faróis são full LED e as rodas de 22 polegadas têm acabamento diferenciado em preto e vermelho na Edition 1. O novo Mercedes-Benz Classe G será uma das estrelas do Salão do Automóvel, no São Paulo Expo, entre 8 e 18 de novembro, ao lado da nova picape Classe X, Classe A Sedan e outros lançamentos da marca.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.