Apesar da crise causada pela pandemia, a indústria automotiva brasileira se esforça para não interromper o cronograma de lançamentos. Ao longo de 2021, teremos muitos outros lançamentos inéditos, como o VW Taos, Citroën C5 Aircross e o novo SUV da Fiat, mas alguns modelos que já estão no mercado também devem mudar.

Partindo disso, a reportagem do iG Carros enumera 5 modelos que serão reestilizados radicalmente ainda em 2021. Acompanhe a lista antes de ir até a concessionária e comprar um modelo que está para ficar antigo.

1 - VW Tiguan

VW Tiguan 2022 continuará sendo importado do México, com chances de ter nova versão híbrida
Divulgação
VW Tiguan 2022 continuará sendo importado do México, com chances de ter nova versão híbrida

O próximo modelo a mudar na linha a Volkswagen será o SUV médio Tiguan . O utilitário feito no México ganhará novo visual, com faróis mais estreitos, volante repaginado e novos recursos de tecnologia. Abaixo do capô, espere pelo mesmo motor 1.4 TSI de 150 cv de potência nas versões de entrada, além do 2.0 TSI de 230 cv para os modelos mais caros.

Conforme apurado pela reportagem do iG Carros, a Volkswagen considera tirar as versões de cinco lugares do Tiguan de linha no Brasil. O motivo é simples: evitar a canibalização com o Taos, SUV feito na Argentina que deve ser lançado por aqui ainda no primeiro semestre.

Confira todas as informações sobre o VW Tiguan clicando aqui .

2 - Renault Kwid

Renault Kwid 2022 será produzido em São José dos Pinhais (PR) com inspirações do modelo indiano
Divulgação
Renault Kwid 2022 será produzido em São José dos Pinhais (PR) com inspirações do modelo indiano

Lançado em 2017, o Renault Kwid já está em seu quarto ano de mercado. A marca francesa já vê a necessidade de mudar o visual do hatch subcompacto para deixá-lo mais interessante para o mercado nacional – e segundo o UOL Carros, isso deverá acontecer no último trimestre de 2021.

O novo Kwid vai seguir a tendência recente dos faróis estreitos. Ao longo da lista, repare que muitos fabricantes estão apostando nesse visual mais “futurista”. O motor continuará sendo o 1.0 de três cilindros, capaz de desenvolver 70 cv de potência.

Confira todas as informações sobre o Renault Kwid clicando aqui .

Você viu?

3 - Hyundai Creta

Hyundai Creta feito em Piracicaba (SP) ganha traços do SUV lançado na Índia no ano passado
Projeção/Kleber Silva
Hyundai Creta feito em Piracicaba (SP) ganha traços do SUV lançado na Índia no ano passado

A Hyundai já testa a reestilização de seu modelo mais importante no Brasil há alguns meses, e tudo indica que o Creta será lançado em meados do segundo semestre, já como modelo 2022. Mas diferentemente dos dois veículos citados anteriormente, o SUV da Hyundai receberá um upgrade mecânico além do novo visual.

O novo motor 1.0 turbo que surgiu na nova geração do Hyundai HB20 deverá, enfim, aparecer no Creta reestilizado. O SUV passará a desenvolver 120 cv de potência e 17,5 kgfm de torque a 1.500 rpm, sempre com câmbio automático de seis velocidades. Segundo o site Autoo, a Hyundai não pretende descontinuar as versões 1.6 e 2.0, utilizando a nova unidade 1.0 turbo apenas para complementar a linha, e não substituir um dos modelos já existentes. 

Confira todas as informações sobre o Hyundai Creta clicando aqui .

4 - Jeep Compass

Jeep Compass produzido em Goiana (PE) receberá novo motor 1.3 turbo e câmbio do tipo CVT
Divulgação
Jeep Compass produzido em Goiana (PE) receberá novo motor 1.3 turbo e câmbio do tipo CVT

Falaremos agora de outro SUV médio que vai mudar em 2021. O Jeep Compass ganhará o novo design que estreou na China no ano passado, também com faróis mais estreitos, porém mantendo muito do design original. A expectativa é que ele seja lançado no segundo semestre do ano, já como modelo 2022.

Neste caso, a Jeep também preparou um “upgrade” mecânico para o Compass. Ele receberá o novo motor 1.3 turbo da família GSR que também estará na Fiat Toro, desenvolvendo algo em torno de 180 cv de potência. A transmissão deve ser do tipo CVT.

Confira mais informações sobre o Jeep Compass clicando aqui .

5 - Renault Captur

Renault Captur continua sendo produzido em São José dos Pinhais (PR), mas motor turbo será importado da Europa
Divulgação
Renault Captur continua sendo produzido em São José dos Pinhais (PR), mas motor turbo será importado da Europa

Depois do lançamento do Novo Duster em 2020, o Captur acabou sendo tocado para “escanteio” pela Renault do Brasil. Isso deverá mudar antes do fim do primeiro semestre de 2020, quando o SUV compacto ganhar o novo visual que já circula na Europa e atualizações na mecânica.

As versões básicas do SUV vão preservar o atual 1.6 de 120 cv de potência, ainda oferecendo opção de câmbio CVT. Os modelos mais caros recebem o novo motor 1.3 turbo flex que será importado da França em um primeiro momento. Neste caso, o Captur vai desenvolver algo em torno de 170 cv de potência, com câmbio do tipo CVT capaz de simular oito velocidades.

Confira mais informações sobre o Renault Captur clicando aqui .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários