undefined
Divulgação
McLaren Senna promete ser uma das atrações do Salão do Automóvel 2018 que mais vai atrair pessoas ao seu redor

Acaba de desembarcar no Brasil o McLaren Senna, uma das principais atrações da área Vip Dream Lounge do Salão do Automóvel 2018 (8 a 18 de novembro). O esportivo mais extremo já feito pela marca inglesa terá apenas 500 unidades produzidas, sendo que duas delas estarão disponíveis no nosso país, por aproximadamente R$ 8 milhões cada.

LEIA MAIS: VW confirma: terá picape conceitual, nova rival da Toro, no Salão do Automóvel

O modelo trazido para ser exposto no Salão do Automóvel 2018 é da cor vermelha Delta Red, e não está entre as unidades vendidas. Ao seu lado, estará o McLaren MP4/6, carro que Senna pilotou em 1991 e ganhou, pela primeira vez, o Grande Prêmio do Brasil, em Interlagos.

LEIA MAIS: Mini Countryman híbrido será atração no Salão do Automóvel de 2018

Meses antes de se descobrir que viria para o Salão do Automóvel 2018, a reportagem do iG Carros esteve na loja oficial, situada no bairro da Vila Olímpia, em São Paulo. Lá, o proprietário da Eurobike e representante oficial da McLaren no Brasil, Henri Visconde, nos disse que ambos os proprietários do supercarro no País (um de Brasília e outro de São Paulo) vão receber seus McLaren Senna apenas no segundo semestre de 2019 depois de irem à sede da marca inglesa, em Woking, para uma série de detalhes.

LEIA MAIS: GM confirma que mostrará novo Camaro no Salão do Automóvel, no mês que vem

Monstro furioso do Salão do Automóvel 2018

O supercarro vem com motor V8 biturbo, de 4 litros, que produz 800 cv e 80 kgfm. Quem pode resumir melhor o desempenho deste superesportivo é o piloto Bruno Senna. Além de ter participado do desenvolvimento do carro, o sobrinho de Ayrton pilotou o carro na pista. Veja o que ele tem a dizer sobre: “o McLaren Senna honra o meu tio por ser absolutamente focado no piloto e em sua conexão total com o veículo. Esse engajamento, essas pistas sensoriais às quais o motorista responde e das quais ele depende, toda a experiência imersiva, estiveram no centro do desenvolvimento”.

LEIA MAIS: BMW i8 Roadster está confirmado para o Salão do Automóvel, no São Paulo Expo

Se o Mclaren P1 já é bom o bastante para encarar outros superesportivos com tecnologia futurista, como o Porsche 918 Spyder e a Ferrari LaFerrari, o McLaren Senna vem para mostrar ao mundo que qualquer competição entre hipercarros está cada vez mais se tornando coisa do passado.

LEIA MAIS: Salão do Automóvel fará a estreia do novo Audi A7 Sportback no Brasil

É feito em cima da plataforma do modelo 720S e utiliza comandos avançados de suspensão e aerodinâmica do P1, mas recebe acertos de corrida para o conjunto e é produzido inteiramente em fibra de carbono, “secando” o seu peso para apenas 1.198 kg. Com isso e sua potência estrondosa, o Senna acelera de 0 a 100 km/h em apenas 2,5 segundos e pode atingir velocidades maiores que 320 km/h.

LEIA MAIS: Aceleramos o raro Fiat Coupé no Autódromo de Interlagos. Assista ao vídeo

O hipercarro será o carro mais caro e mais veloz em circuitos a ser exposto no Salão do Automóvel 2018 . Além disso, por se tratar de um projeto que materializa o espírito das corridas que tinha o Ayrton — um dos maiores heróis nacionais — sua apresentação promete ser, para muitos, mais do que um mero entretenimento. Quem não se lembra das manhãs de domingo, antes do fatídico acidente de 1994?

    Veja Também

      Mostrar mais