Tamanho do texto

Mas a maioria dos carros estão no segmento de luxo ou superesportivos e deverão desembarcar ao longo de 2019

Salão de Paris 2018 também conta com protótipos exóticos, como o Renault EZ-Ultimo da imagem acima
Newspress
Salão de Paris 2018 também conta com protótipos exóticos, como o Renault EZ-Ultimo da imagem acima

Apesar de algumas ausências importantes, entre as quais, da marca Volkswagen, o Salão de Paris (França) resiste à ideia de que esse tipo de evento automotivo está se tornando algo que ficou no passado. Nos estandes montados na capital francesa brilham alguns supercarros, híbridos, elétricos e, como não poderia deixar de ser, SUVs, alguns deles com passaporte carimbado para o Brasil.

LEIA MAIS: Audi Q3 da nova geração chama atenção no Salão de Paris 

A nova geração do Audi Q3 é um dos utilitários esportivos que  estão no Salão de Paris e deverão chegar ao Brasil em 2019. A atual geração ainda é fabricada em São José dos Pinhais (PR), mas o sucessor virá como importado, mesmo que tiver que conviver por um tempo com o antigo. Além de maior e mais sofisticado, o carro ganhou em eficiência pelo menor peso.

O DS3 Crossback é outra novidade mostrada em Paris que interessa ao Brasil. O carro será feito na Argentina, a partir de do final de 2019 e tem boas chances de ser chegar ao mercado brasileiro.  Vai inaugurar a nova base CMP (Common Modular Platform), que também será utilizada na fabricação dos irmãos Peugeot 208 e 2008, bem como os novos Citroën C3 e Aircross.

LEIA MAIS:  DS3 Crossback é mostrado como principal novidade da marca francesa

 Ainda entre os SUVs, outro modelo que virá ao Brasil é o novo Suzuki Jimny, cuja chegada já está confirmada pela fabricante que ainda disse que o carro vai conviver com as versões fabricadas em Catalão (GO). Mais leve, moderno e confortável, mas mantendo o estilo retrô, a nova geração do modelo já está à venda na Europa pelo equivalente a R$ 87 mil numa conversão simples.

Outras novidades do Salão de Paris

A BMW escolheu o Salão de Paris para mostrar a nova geração do sedã da Serie 3,  um dos seus carros mais vendidos
Newspress
A BMW escolheu o Salão de Paris para mostrar a nova geração do sedã da Serie 3, um dos seus carros mais vendidos

 Deixando um pouco os SUVs de lado e partindo para outros segmentos, temos a nova geração do BMW Serie 3, outro que não deverá faltar na linha da fabricante no Brasil em 2019. Mas sua chegada deverá acontecer apenas no segundo semestre. Ficou com visual mais próximo do Serie 5, mas com uma pitada extra de esportividade. Terá versão híbrida, que também será mostrada no ano que vem.

LEIA MAIS:  BMW Serie 3 da nova geração é revelado no Salão de Paris

A Mercedes mostra do  AMG GT4 esportivo de 4 portas equipado com motor V8 que rende até 585 cv, o que é suficiente para acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 3,4 segundos e atingir 310 km/h, conforme os dados da fabricante. Entre outros atrativos, o carro vem com tração integral, câmbio de dupla embreagem e 9 marchas e rodas traseiras que se movem para dar mais estabilidade nas curvas e facilitar as manobras.

E para fechar com um carro um pouco mais "pé no chão", a Toyota apresenta no Salão de Paris a nova geração do Corolla , nas versões hatch e perua. Embora sejam exatamente as que não devem ser vendidas no Brasil, a base TNGA é a mesma do sedã que, muito provavelmente, poderá ser feito em Indaiatuba (SP) a partir de março de 2020, inclusive com versão híbridas. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.