Tamanho do texto

O segmento que mais cresce no País também tem seus representantes de pouca expressão

No universo dos SUVs, os compactos movem a grande massa. Entre os bem-sucedidos, lembramos sempre de Honda HR-V, Nissan Kicks, Hyundai Creta e Jeep Renegade. No segmento de utilitários esportivos médios, o grande destaque é o Jeep Compass, mas também temos Volkswagen Tiguan e Peugeot 3008.

LEIA MAIS: Chevrolet S10 2019 chega com mais segurança para todas as versões

Nem todos os SUVs se beneficiam de boas estratégias de marketing, ou do interesse do brasileiro em conhecê-los. Partindo disso, a reportagem do iG Carros traz a lista de cinco utilitários de todos os segmentos que você nem lembra que são vendidos no Brasil.

LEIA MAIS: Caminhões elétricos autônomos são o futuro do transporte de cargas

1 - Lifan X60 - a partir de R$ 77.900

Lifan X60 CVT 2018: SUV já foi o  carro chinês mais vendido do Brasil, mas vem perdendo espaço no mercado
Divulgação
Lifan X60 CVT 2018: SUV já foi o carro chinês mais vendido do Brasil, mas vem perdendo espaço no mercado

A Lifan sempre foi uma marca discreta entre as chinesas do Brasil. Em São Paulo, a maior cidade do continente, são apenas cinco concessionárias. É natural que a maioria das pessoas nem lembrem que o SUV X60 ainda é vendido por R$ 77.900.

LEIA MAIS: Conheça os 5 carros que mais consomem etanol no Brasil

Na versão 2018, o modelo topo de linha do X60 perde o câmbio manual. Desde o ano passado, o carro sai das concessionárias apenas com câmbio CVT. A nova transmissão vem acoplada ao motor 1.8, de 128 cv, movido apenas a gasolina. Destaque para o teto solar e central multimídia de oito polegadas. O SUV vem do Uruguai, onde é fabricado em regime de CKD, em que as peças são importadas da matriz e apenas montadas na unidade de produção uruguaia.

LEIA MAIS: Mitsubishi L200 Triton Sport: picape feita para todo terreno

2 - Ford Edge - versão única por R$ 249.990

O Ford Edge representa a marca num segmento dominado por Audi, BMW, Mercedes-Benz e Volvo
Divugação
O Ford Edge representa a marca num segmento dominado por Audi, BMW, Mercedes-Benz e Volvo

Quem disse que marca grande não pode ter um coadjuvante no segmento de SUVs? O Edge está aí para provar. Feito no Canadá, a Ford optou por trazer apenas a versão topo de linha Titanium. O utilitário esportivo vem equipado com motor V6 3.5 Duratec, de 284 cv de potência, que funciona com câmbio automático, de seis marchas e tração integral.

LEIA MAIS: Chevrolet S10 Midnight é a versão descolada da picape da GM

O objetivo da Ford é claro. Mirar nos consumidores do Range Rover Evoque, Audi Q5 e BMW X3. Para tal, o Edge tenta conquistar o público com um ótimo pacote de equipamentos por R$ 249.990. Tem até sistema automático de estacionamento - onde o motorista precisa apenas administrar os pedais e o SUV faz a baliza sozinho - kit com DVD e teto solar panorâmico. Apesar de todas as qualidades, faz tempo que o Edge não empolga no Brasil. O rival da Land Rover, entretanto, aparece sempre nas posições de destaque.

LEIA MAIS: GM confirma 20 novidades no Mercosul até 2022

3 - SsangYong Tivoli - a partir de R$ 84.990

SsangYong Tivoli também conta com uma versão estendida, que atende pelo nome de XLV, mas é figura rara nas ruas
Divulgação
SsangYong Tivoli também conta com uma versão estendida, que atende pelo nome de XLV, mas é figura rara nas ruas

A crise econômica obrigou a SsangYong a sair do Brasil, mas eles estão prontos para uma nova tentativa, que começou em março último, quando foi anunciado o início das vendas do carros da marca no País A marca coreana irá investir apenas no segmento de SUVs e picapes, deixando qualquer outra categoria de lado. Em sua nova empreitada no Brasil, o Tivoli será o carro-chefe, competindo no mesmo segmento de Honda HR-V, Nissan Kicks, Hyundai Creta e Jeep Renegade.

LEIA MAIS: Confira nossas primeiras impressões do novo SsangYong Tivoli

Mas parece que a ideia de ter um Tivoli ainda não pegou na cabeça do brasileiro. Ele vem equipado com sistema de direção elétrica, partida por chave presencial, rebatimento dos retrovisores e ar-condicionado de duas zonas. Entretanto, a central multimídia não traz funções de navegação. O conjunto mecânico é composto por um motor 1.6, de 128 cv e câmbio automático, de seis marchas. O carro sairá das concessionárias da SsangYong por R$ 84.990.

LEIA MAIS: Conheça 5 carros híbridos e elétricos que chegarão ao Brasil até 2019

4 - JAC T5 - a partir de R$ 69.990

JAC T5 não tem a mesma popularidade do compacto T40, atualmente o SUV chinês mais vendido do Brasil
Divulgação
JAC T5 não tem a mesma popularidade do compacto T40, atualmente o SUV chinês mais vendido do Brasil

O T40 chegou no ano passado com a proposta de ser um utilitário esportivo entre os hatches aventureiros e os SUVs compactos. Em outras palavras, algo entre dois modelos da Renault: Sandero Stepway e Captur. Apresentando um produto acima da média do que estávamos acostumados a ver entre as marcas chinesas, o T40 acabou roubando a cena nas concessionárias da JAC, fazendo muitos clientes esquecerem do T5 que parte de R$ 69.990.

LEIA MAIS: Porsche Panamera e-Hybrid não está nem aí para a falta de combustível

Assim como o T40, o T5 é equipado com câmbio do tipo CVT (vinda da Bélgica). Falta potência e torque ao motor 1.5, que gera apenas 127 cv e 15,7 kgfm. Se tentar forçar um pouco nas acelerações, irá passar um bom tempo ouvindo o motor gritar, já que o isolamento acústico fica devendo. Ainda assim, o T5 está entre os melhores carros da JAC no Brasil.

LEIA MAIS: SsangYong revela os preços de todos os seus modelos no Brasil

5 - Subaru Forester - a partir de R$118.900

O Subaru Forester é um SUV competente, mas não aparece na lista dos 40 modelos mais vendidos do segmento
Divulgação
O Subaru Forester é um SUV competente, mas não aparece na lista dos 40 modelos mais vendidos do segmento

No fim do ano passado, a Subaru apresentou uma nova versão mais em conta para o Forester. O SUV, entretanto, continua não empolgando nas vendas. Ele parte de R$118.900, e integra sistema multimídia sensível ao toque de 6,2 polegadas com todas as conectividades, câmera de ré e funções de MP3. Já em relação à eletrônica aplicada à dirigibilidade, o Forester vem com piloto automático, controles de tração e estabilidade, distribuição inteligente de frenagem e assistente de partida em rampa.

LEIA MAIS: Saiba quais são os 7 modelos híbridos e elétricos vendidos no Brasil

Os carros da Subaru se destacam entre os SUVs pelo conjunto mecânico. A versão básica traz motor 2.0, de 150 cv e 20,2 kgfm de torque com câmbio automático, de seis marchas. O sistema de sobrealimentação aparece apenas na versão topo de linha, que conta com 240 cv e oito marchas. Para justificar ainda mais a distinção da versão de topo em relação às outras, o carro vem com GPS integrado, sistema Harman/Kardon de som e o modo “Sport+” de condução, que o torna mais agressivo na entrega e otimização da potência.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.